Quando devo levar meu pet ao Oftalmologista Veterinário?

Todos sabemos que animais de estimação requerem cuidados com saúde, algumas raças possuem tendências a mais enfermidades do que outras, assim como a problemas oculares.

Seria interessante, assim como fazemos vacinas e um check up anual, cuidarmos da saúde ocular do nosso pet, a fim de prevenir ou evitar certas situações que muitas vezes não possuem reversão.

Cães braquicefálicos tais como os Pug, Buldog Francês, Buldog Inglês, Boston , Shihtzu, entre outros, são acometidos por vários problemas oculares mesmo jovens. Devido a sua anatomia, onde os olhos se encontram em uma órbita rasa, e pela própria tendência racial, são mais propensos a algumas oftalmopatias dentre elas: distiquíases, ceratite pigmentar, ceratite de exposição ou úlceras de córnea.

Sharpei e Chow Chow apresentam mais comumente o glaucoma e defeitos pálpebras como o entrópio e a triquíase.

Gatos persas ou birmaneses são acometidos por úlceras corneais e seqüestro corneano.

É evidente que qualquer animal doméstico, mesmo os sem raça definida podem apresentar essas condições.

Os sinais mais evidentes que servem de alerta aos proprietários são: hiperemia de conjuntiva (olho vermelho), secreção ocular abundante (pus), epífora (lacrimejamento), prurido ocular (coceira), blefarospasmo (piscando muito), associado ou não a apatia e inapetência (tristeza e falta de apetite).

Portanto, ao mínimo sinal de desconforto o tutor deve levar seu pet ao Veterinário mais próximo ou se possível a um especialista, pois algumas lesões se tornam graves em poucas horas se tornando impossível preservar o globo ocular e/ou a visão.

Lidia-oftalmologista-pet-center-canoas

 

Lídia Clerot
Médica Veterinária
CRMV/RS 6864

4 comentários sobre “Quando devo levar meu pet ao Oftalmologista Veterinário?

  1. Oi,minha cadelinha esta com tumor, e tem 16 anos cega e com alergias a veterinária Marcela filha do Miguel aqui de Niterói já tinha dito que precisa fazer a eutanásia, mas o pai dela e veterinário faleceu essa madrugada, e não sei onde levar ela,gostaria de saber como é o procedimento de vocês e valores

    1. Olá Naira, ficamos sabendo do falecimento do Dr. Miguel e também estamos muito sentidos. Em relação ao caso da sua cadelinha, o ideal é trazer para que um de nossos veterinários avalie, e juntamente com a família, decida sobre a realização da eutanásia. Ficamos à disposição e aguardamos sua vinda. Caso queira maiores esclarecimentos pode nos contatar também pelo (51) 3427.3832. Se preferir nos passe seu número que entramos em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *