Comportando estranho? Pode ser uma Disfunção Cognitiva.

Disfunção Cognitiva PetA Dorinha é uma simpática cachorrinha de 13 anos. Os donos relatam que ela começou a trocar o dia pela noite, late sem motivo aparente, não reconhece familiares e esqueceu vários truques que sabia. A Dorinha sofre de Disfunção Cognitiva, muito semelhante ao Mal de Alzheimer em humanos.

Os nossos pets estão vivendo mais, e com isso, surgem novas doenças.  Cerca de 50% dos pets com mais de 11 anos de idade apresentam uma ou mais mudanças comportamentais ligadas ao envelhecimento. As Causas da disfunção cognitiva não são conhecidas, mas sabe-se que ela se manifesta devido a uma série de alterações físicas e químicas que ocorrem no cérebro durante o envelhecimento.

Como identificar se o meu pet idoso tem a disfunção? Os principais sintomas são:

  1. O animal fica desorientado, perde-se dentro de casa, às vezes não encontra a saída de um cômodo ou o local da sua comida.
  2. Ocorrem alterações de sono, ficam acordados a noite, andando pela casa, vocalizando e dormem durante o dia.
  3. Perdem os hábitos de higiene, podem urinar e defecar dentro de casa, quando antes não faziam.
  4. Podem não reconhecer os donos ou estranhá-los em algumas ocasiões.

Se você possuir algum pet idoso com esses sinais, é importante a avaliação de um médico veterinário. Diagnosticada a disfunção cognitiva, ele indicará o melhor tratamento com antioxidantes, suplementos e exercícios, para tornar a vida do seu pet idoso mais confortável e feliz.

Levar o seu pet ao veterinário é um gesto de amor!

Veterinária Fernanda Xavier

 

Fernanda Xavier
Médica Veterinária
CRMV/RS 09420

 

 

 

Bruna Valle

 

Bruna Valle
Estagiária Curricular / UFPel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *